EPA testa Plano de Emergência com Simulacro no Edifício da Sede da AEVA | EPA (Barrocas – Aveiro)

A AEVA e a sua Escola Profissional de Aveiro realizaram no passado dia 19 de julho um simulacro de incêndio na sua sede (Barrocas – Aveiro), por forma a testar o seu plano de atuação e evacuação.

O cenário de emergência consistiu num incêndio no quadro elétrico parcial do piso 2 do edifício, provocado por um curto-circuito, cujo arco elétrico (faísca) provocou a ignição de materiais inflamáveis presentes na vizinhança do local.

Segundo a coordenadora da equipa de socorro da EPA, Carla Duarte, o incidente causou 3 vítimas, entre elas uma vítima mortal e dois feridos com queimaduras de 2º e 3º grau na face, pescoço, tórax e membros superiores. A equipa de socorro da EPA atuou prontamente, contudo, dada a gravidade da ocorrência, foi necessário avisar as autoridades e pedir ajuda externa. O exercício contou com a presença dos Bombeiros Novos, da PSP – Polícia de Segurança Pública e do Serviço Municipal de Proteção Civil, a quem a AEVA agradece pela disponibilidade e pronta colaboração demonstrada na dinamização de exercícios desta natureza. O balanço do exercício de acidente simulado foi muito satisfatório, registando-se um apurado sentido responsabilidade por parte de todos os intervenientes. Os procedimentos de segurança instituídos internamente foram interiorizados e implementados com a eficácia desejável.

Aceda ao registo fotográfico deste simulacro em Registo Fotográfico Simulacro

Leia o artigo integral publicado no Jornal Diário de Aveiro em Artigo Jornal